Antes de mais nada você concorda que todo o trabalho envolve Gestão de Pessoas? E você já pensou que as pessoas são difíceis? Então esse texto (e os seguintes) são para você. 

Você já usou as expressões “soft skills” e “hard skills” para designar as habilidades humanas e sociais, em oposição às habilidades operacionais e tecnológicas? Esses termos estão entre nós desde a década de 1970. Do mesmo modo, se fizer uma análise mais a fundo você pode perceber que esses termos não são totalmente aplicáveis à realidade de hoje.

Nesse sentido os dicionários definem a palavra “soft “como: leve, gentil, suave, quieto, terno e fraco. Já a palavra “hard” é definida como: “duro”, firme, rígido, resistente, livre de fraqueza, improvável de mudar, severo. 

Na forma de fazer gestão de Pessoas de hoje, considerando as tendências futuras, navegar por perspectivas e culturas concorrentes não é fácil nem “soft”. Lançar e apresentar projetos complexos não é um ato gentil. Fornecer feedback muitas vezes não é suave. Lidar com a política interna nas organizações em diferentes culturas certamente não é para os fracos. Então, por que ainda nos referimos a essas habilidades como “soft”?

Assim como as habilidades “soft” as ditas habilidades “hard” são exigidas hoje. Vejamos alguns exemplos: codificação, dinâmica de sistemas, finanças, contabilidade, estatística, aprendizado de máquina, engenharia. Considerando as constantes mudanças na tecnologia e a consequente necessidade de adaptação dos usuários, essas características dificilmente parecem adequadas ou resistentes ao tempo, como o termo “hard” parece sugerir.

As Smart Skills e as Sharp Skills

Muito mais do que apenas mudar o nome das coisas, queremos fazer essa proposta de reflexão e convidar você a pensar: “De que modo melhor podemos nos aprimorar hoje como pessoas? É nítida a necessidade de habilidades inteligentes para aumentar nossa própria humanidade”. Assim, tornar-se cognitivamente pronto, desenvolver nossa adaptabilidade e humildade, aprender a ouvir e seguir, seriam exemplos das “Smart Skills” ou habilidades inteligentes.

Isso também vale para as Sharp Skill ou “habilidades afiadas”. Precisamos aprender constantemente a otimizar soluções de negócios usando gerenciamento baseado em ciência, análise de dados e raciocínio analítico. Temos que nos tornar alfabetizados digitalmente e empregar o pensamento dinâmico do sistema. E não podemos dizer que, uma vez que você tenha aprendido essas habilidades, está feito. Essas habilidades precisam de atualização constante, precisam ser aprimoradas a todo momento!

Os termos Smart e Sharp promovem uma compreensão melhor do desafio envolvido no desenvolvimento dessas atividades e não cria uma falsa oposição entre elas, pelo contrário uma complementaridade essencial.

Dessa forma, daremos destaque ao conceito das Smart Skills (habilidades inteligentes) que se referem as habilidades que eu, você e todos nós podemos desenvolver para lidar com pessoas.¹.

As pessoas são difíceis? Use as Smart Skills na Gestão de Pessoas

Mas, quais são essas habilidades? Há um framework proposto para as Smart Skills? Sim, existe e vamos focar nelas, pois elas dialogam com os desafios de nossos clientes aqui na SK Aprendizagem de forma muito próxima. Veja quais são essas habilidades e como podem ser úteis na solução de desafios diários ao lidar com pessoas:

1 – Maturidade Emocional

2 – Ouvir

3 – Inclusão Produtiva

4 – Acompanhamento Ativo

5 – Humildade

6 – Prontidão Cognitiva

7 – Managing-Up

8 – Múltiplas Perspectivas

9 – Validação

10 – Adaptabilidade

O que você acha de ter uma equipe ou mesmo as lideranças com essas habilidades desenvolvidas? Parece ótimo, não é mesmo? Sem dúvida, a capacidade de combinar as ‘habilidades Inteligentes’ e as ‘habilidades afiadas’ é um sinal indicador de sucesso e pode gerar mais produtividade.

“As habilidades inteligentes são co-desenvolvidas com outros humanos, e as habilidades afiadas são co-desenvolvidas com os computadores.”

Prof. Willem Smith e Shien Jin Tweet

Cada uma dessas habilidades pode ser aprendida e vamos trazer conteúdos sobre elas aqui no blog toda semana, explicando mais sobre cada Smart Skill e trazendo técnicas para aplicação nas equipes e individualmente.

¹ Conceito sugerido pela professora Loredana Padurean da Asia School of Business e MIT Sloan.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.